Carille explica fúria com árbitro após derrota do Corinthians: "Ele foi muito sem educação comigo"

corinthians

O técnico Fábio Carille explicou a irritação com o árbitro Wagner do Nascimento Magalhães após a derrota do Corinthians por 1 a 0 no clássico contra o Santos, nesta quarta-feira, na Vila Belmiro, pelo Campeonato Brasileiro. Sem entrar em detalhes, o treinador disse que o juiz foi mal educado com ele.

– A gente sabe que jogar aqui é sempre muito difícil. O lance do Avelar não estava impedido, que o Clayson termina com o gol. A orientação é esperar o lance acontecer para ir para o VAR. Ele levantou (a bandeira) lá. Depois, dá impedimento de tiro de meta. É coisa que não pode acontecer, isso é o básico do futebol. Fui lá e, em 153 jogos hoje pelo Corinthians, foi a primeira vez que aconteceu. Uma coisa feia. Mas eu fui lá numa boa, e ele foi muito sem educação comigo. Por isso aconteceu tudo aquilo – afirmou Carille.

Nas imagens da transmissão da TV Globo é possível ver na confusão Carille dizer, apontado para o árbitro, a frase: "Ele me chamou de vagabundo".

– Minha reação foi porque ele foi muito mal educado – limitou-se a dizer Carille na entrevista.

Fonte GE

Comentários